Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

A velha e o lobo. Um conto de Natal

19.12.20 | Alice Barcellos | ver comentários (13)
Dedicado a todas as pessoas que este ano passam o Natal sozinhas O dia amanheceu cinzento e frio. O nevoeiro escondia os cumes das altas montanhas pintados de branco. Não se viam, pois eram mestres em ser invisíveis, mas os lobos andavam ativos pelas serras, à procura de (...)

Pequeno poema de amor-próprio

11.11.20 | Alice Barcellos | comentar
Olha, olha bem para ti, sem vergonha, sem medo Quantas vezes já pensaste que não eras suficiente? Quantas vezes desististe cedo, cedo demais? Olha para ti e encontra unicidade em cada traço do teu rosto Capacita-te de que és perfeito em todas as curvas e arestas Não (...)

Aquele lápis

10.10.20 | Alice Barcellos | ver comentários (13)
Ele andava hipnotizado por ela. Era nela que pensava ao adormecer e ao acordar. Desde a primeira vez que a vira, arranjava-se melhor antes de sair de casa. Começou a passar as t-shirts a ferro e comprou um perfume caro. Não se descuidava da barba e olhava-se com mais (...)

Sociedade secreta da esperança

23.03.20 | Alice Barcellos | ver comentários (13)
A cidade estava silenciosa, como nunca antes havia estado. Amanhecia e o contorno dos arranha-céus começava a desenhar-se contra a luz violeta. Desde que se vivia em isolamento, ninguém começava o dia antes do sol raiar. As pessoas mudaram as rotinas, muitas trabalhavam (...)

Desalinho

18.02.20 | Alice Barcellos | ver comentários (6)
Podemos escrever uma história de amor Com apenas uma linha? Que disparate, respondias sempre que eu te fazia esta questão Desalinhada, deixavas-me assim sem chão e eu a tentar equilibrar-me numa linha Sabes aquelas pessoas que fazem vida em cima de linhas finas, lá no alto? (...)

Poemas de amor

11.02.20 | Alice Barcellos | comentar
Gosto de escrever Poemas de amor Sentir aquela dor dos corações partidos Mesmo que o meu esteja em paz Sem conflitos É sempre bonito passar pelo que o outro passou Imaginar o que tanto o destroçou E tentar com versos sentidos Colar um pedacinho de um coração sofrido (...)

Querida, Lili

08.11.19 | Alice Barcellos | comentar
Querida, Lili Quando esta carta chegar a ti, provavelmente, estarás numa brincadeira qualquer pelo jardim, a correr descalça, a brincar de ser sereia na piscina ou a vestir os vestidos antigos, esquecidos nos armários da casa. Pelo que me lembro, estas são algumas das (...)