Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

Pegadas na areia

28.03.19 | Alice Barcellos | comentar
Está limpa quase plana a areia quando chegas Do alto das rochas olhas para as ondas que alisam aquele chão construído de infinitos pedaços de rochas, conchas, corais e tudo o que por lá habita se desfaz e renova há tanto tempo que não dá para contar Na primeira (...)

Mar

13.11.15 | Alice Barcellos | comentar
No verão confuso ali estavasEntre toalhas, guarda-sóis e chinelosContinuavas o teu ciclo a mercêdos gritos, risos e choros infantis Nunca foste domado e neste verão não foi diferenteNão deste o teu melhor a quem tanto te desejoudurante tanto tempoViste mesmo assim as (...)

Sexta-feira e uma praia

14.08.15 | Alice Barcellos | comentar
Quem me conhece, sabe que eu tenho uma paixão pelo mar. Gosto da praia no inverno e no verão, em dias nublados e ensolarados. Gosto de perder os meus pensamentos na linha do horizonte e descansar a vista no azul infinito. O mar deu-me sempre tanto e nunca me pediu nada em (...)

O Algarve que me encanta

07.08.15 | Alice Barcellos | ver comentários (14)
Lembro-me bem da primeira vez que fui ao Algarve. Ao contrário de muitas pessoas, a região mais a sul de Portugal não faz parte das minhas memórias de férias infantis e em família. Por ter vivido a minha infância no Brasil, só conheci o Algarve quando comecei a (...)

Templo

12.03.12 | Alice Barcellos | comentar
Quando lá cheguei vi um mar como nunca tinha visto. Uma areal que descia até à água. Ondas revoltas e fortes. Rochas. Naquele dia, a maré estava cheia e não consegui ver a quantidade de rochedos, pedras e seixos que se escondiam por baixo do mar revolto e azul-cinzento.  

...

25.10.11 | Alice Barcellos | ver comentários (1)
Eles resistiram Ao sol abrasador do meio dia Aos choros e gritos das crianças Aos vendedores ambulantes Às bolas perdidas   Eles olharam de frente o sol Não recearam os seus raios Não tiveram medo das ondas Nem das rochas Mergulharam com todo O seu fôlego