Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

Diário de fuga

Na rotina dos sonhos fugimos dos dias

Chega de silêncio

07.06.20 | Alice Barcellos | ver comentários (2)
Tome partido. Neutralidade ajuda o opressor, nunca a vítima. Silêncio encoraja o torturador, nunca o torturado. Elie Wiesel Nestes dias tenho andado com um nó na garganta que me trava as palavras. Como (quase) sempre, tenho uma guerra de palavras interior. Vezes sem (...)

40 pensamentos sobre a quarentena

29.04.20 | Alice Barcellos | ver comentários (11)
Porque já passaram mais de 40 dias que estamos em casa, porque nas últimas duas semanas não tenho encontrado motivação para alimentar o meu blogue, porque me sinto em falta com quem me segue aí deste lado, porque um dia mais tarde vou gostar de reler estas palavras, (...)

Tive uma ideia. E agora?

03.04.20 | Alice Barcellos | ver comentários (9)
Nem sempre é fácil ter uma ideia. Quer dizer, ter ideias é fácil, passamos a vida a tê-las. O que são os nossos pensamentos senão ideias que lutam entre elas em busca do protagonismo no nosso interior silencioso até conseguir sair "cá pra fora" para pôr-nos a (...)

Desafio de Escrita dos Pássaros #2.7: Se um dia

13.03.20 | Alice Barcellos | ver comentários (6)
Se um dia eu partir de repente Pode acontecer Posso estar naquele avião Cair naquele buraco Virar naquela esquina Fazer aquela curva Perder uma batalha fatal Desaparecer, simplesmente Se um dia isto me suceder Saiba que vou feliz Se podia ter feito mais Sim, sempre quero (Queremo (...)

Risco

04.02.20 | Alice Barcellos | ver comentários (2)
Tentamos sempre não cair Viver com os pés no chão e a cabeça levantada Passamos a vida a driblar rasteiras Temos medo do risco, este risco traçado em giz no quadro negro dos anos Escrevemos uma lista das nossas vitórias e das quedas que não demos Vamos andando por (...)

Manhãs de recomeço

27.09.18 | Alice Barcellos | ver comentários (2)
Manhãs. Adoro manhãs. O dia que começa quando abrimos os olhos, a luz que clareia quando abrimos as janelas. Em todas as manhãs podemos encontrar o ímpeto de recomeçar. Principalmente naquelas em que nos levantamos cedo e cheios de disposição. Ninguém tem vontade (...)

Outono

11.10.16 | Alice Barcellos | comentar
É sempre a mesma coisa. Mudam as estações, muda o guarda-roupa e temos a tarefa chata de arrumar as vestimentas. Hoje comecei a guardar religiosamente os meus vestidos de verão, como se ali em cada vinco e dobra pudesse guardar um bocadinho também dos dias longos e (...)